fbpx

Vulvodínia

A Fisioterapia Pélvica é muito importante no tratamento da Vulvodínia

Vulvodínia

Fisioterapia Pélvica no Tratamento da Vulvodínia

A fisioterapia pélvica atua na diminuição da dor e ardência na região da vulva.

Os principais recursos de fisioterapia pélvica utilizados no tratamento do vaginismo são:

  • Eletroterapia
  • Massagem perineal
  • Educadores e dilatadores
  • Biofeedback
  • Liberação Miofascial
  • Cinesioterapia Pélvica
 A vulvodínia é caracterizada por dor de origem nervosa na região da vulva. Sintomas da Vulvodínia:
  • Ardência na região externa e/ou interna da vagina
  • Dor, desconforto e ardência durante a relação sexual 
  •  Normalmente, mulheres com vulvodínia também têm dificuldade em realizar exames ginecológicos 

Algumas mulheres sentem dor espontaneamente, outras apenas quando provocada ( toque, tentativa de penetração…)

Em certos casos, A vulvodínia também pode estar associado à presença de Vaginismo, patologia que caracterizada por contração involuntária do assoalho pélvico causando dor, tensão e sensação de vagina apertada.  Clique aqui para saber mais sobre Vaginismo

Agende uma consulta para tratar a Dispareunia

DISPAREUNIA VAGINISMO VULVODÍNIA
Leia a matéria: "5 principais dúvidas de mulheres que sentem dor durante a relação sexual"
Leia a matéria: "Vulvodínia: Sintomas e Tratamento."
×