fbpx

Vaginismo

A Fisioterapia Pélvica é muito importante no tratamento do vaginismo

Vaginismo

Fisioterapia Pélvica no Tratamento do Vaginismo

A fisioterapia pélvica atua na conscientização e relaxamento da musculatura do Assoalho Pélvico com o objetivo de melhor o controle muscular e inibir as contrações dolorosas dessa musculatura.

Os principais recursos de fisioterapia pélvica utilizados no tratamento do vaginismo são:

  • Massagem perineal
  • Educadores e dilatadores
  • Biofeedback
  • Liberação Miofascial
  • Cinesioterapia Pélvica

O vaginismo é caracterizado por contrações involuntárias e dolorosas da musculatura do assoalho pélvico. Sintomas do vaginismo:

  • O principal sintoma do vaginismo é Dor durante a relação (dispareunia). Esta dor pode ser na tentativa de penetração ou até mesmo só de pensar no ato sexual. 
  • Algumas pacientes relatam sensação de vagina apertada ou sensação de que algo impedisse a penetração. 
  •  Normalmente, mulheres com vaginismo também têm dificuldade em realizar exames ginecológicos

É comum pacientes relatarem sentimentos como medo e ansiedade relacionados com a relação sexual.

Em certos casos, O vaginismo também pode estar associado à presença de Vulvodínia, patologia que também causa dor e ardência na região da vulva.

Agende uma consulta para tratar a Dispareunia

DISPAREUNIA VAGINISMO VULVODÍNIA
Leia a matéria: "5 principais dúvidas de mulheres que sentem dor durante a relação sexual"
Uso de Dilatadores no Tratamento de Vaginismo e Dispareunia, dor durante a relação e dor na penetração.
Leia a matéria: "Como usar os dilatadores no tratamento de Vaginismo"
Fisioterapia Pélvica no Tratamento do Vaginismo e Dor na Relação. Biofeedback para Vaginismo. Fisioterapia Uroginecológica. Rio de Janeiro - RJ.
Leia a matéria: "Como é a fisioterapia pélvica com biofeedback no tratamento do Vaginismo?"
×